Desenvolvimento Social

Prefeitura proporciona um São João mais farto para população em risco social

Mais um ano sem São João. Sem aglomeração em torno da fogueira, sem forró agarradinho, sem a alegria dos santos festeiros. Não vai ter festa na Lagoa, não vai ter o som do triângulo, zabumba e sanfona, mas vai ter comida no prato de mais itapetinguenses.

Como tem feito em ação continuada, a prefeitura de Itapetinga distribuiu cestas básicas para a população em risco social credenciada pelo CRAS. Neste mês, a Secretaria de Desenvolvimento Social preparou  um kit especial com itens típicos dos festejos juninos. Nos Centros de Referência, as equipes organizaram um ambiente com clima de São João. Fogueiras, balões, bandeirolas e tudo mais que fizesse manter a tradição sem aglomeração. “Não vai ter festa, não vai ter quadrilha, nem forró. Mas vamos manter o acolhimento, fortalecer os vínculos e, em breve, festejar o fim da pandemia e o retorno aos nossos trabalhos coletivos sem restrições”, disse Andrea Carolina.

Enquanto recebiam os referenciados, as equipes dos CRAS distribuíram, amendoim, mingau de milho e tudo mais que fizesse manter o gostinho típico junino.

Kit Maternidade

Para minimizar os impactos da pandemia, principalmente na vida da população em vulnerabilidade, mais do que oferecer as cestas básicas, a prefeitura de Itapetinga distribui ainda kits maternidade.  Banheira, fraldas, colônia, shampoo, algodão e cotonete são itens essenciais para o cuidado com o bebê. “A gente sabe que o puerpério não é um momento fácil para a mulher. Em tempos de pandemia, a coisa fica ainda pior. Com os kits a gente quer ajudar a, ao menos, reduzir uma preocupação das mamães com esses itens de uso imediato”, disse a secretária de desenvolvimento social, Andrea Carolina.