Notícias Saúde

  • Secretaria de Saúde realizou ação de prevenção contra IST/HIV/Aids no Parque de Exposições Juvino Oliveira

    A Secretaria de Saúde de Itapetinga aproveitou a exposição agropecuária e a grande concentração de pessoas no Parque Juvino Oliveira para realizar ações de prevenção contra as IST/HIV/AIDS. As equipes do SAE/CTA – Serviço de Atendimento Especial/Centro de Testagem e Aconselhamento – distribuíram panfletos educativos e preservativos, orientando sobre os riscos das doenças, suas consequências e, principalmente, as formas de preveni-las.  Junto com elas estavam, também, o grupo de saúde mental do município para, em uma ação coordenada, promover a redução de danos. Durante todos os dez dias de evento, a secretaria oferece testagem rápida para as doenças e, em casos positivos, o encaminhamento para as unidades para o devido acompanhamento. Em dezembro de 2021, a prefeitura de Itapetinga inaugurou a sede do CTA, localizada na Rua Olímpio Vieira, 112, Centro. O Centro funciona de segunda à sexta, das 7h às 13h e está aberto para que a comunidade tire suas dúvidas e os pacientes sejam acolhidos com todas as ferramentas capazes de atendê-los de forma humanizada, cautelosa e sigilosa.

    Leia mais...
  • Vigilância Sanitária instrui manipuladores de alimentos durante a Exposição Agropecuária

    A prefeitura de Itapetinga tem atuado na 50ª Exposição Agropecuária para garantir a realização de um evento bonito e, principalmente, seguro para todos. Buscando fortalecer as ações de proteção à saúde coletiva, a Vigilância Sanitária vem realizando atividades educativas e de orientação com os manipuladores de alimentos que estão trabalhando na festa. O objetivo é fazer com que eles fiquem atentos às condições sanitárias e de conservação dos alimentos comercializados no Parque Juvino Oliveira. Os manipuladores de alimentos são de extrema importância para a garantia de um produto seguro. Esse profissional faz parte da garantia do controle da qualidade e a segurança dos alimentos. Por estarem em um parque de exposições, os cuidados precisam ser redobrados. “É fundamental que se entenda que, somente a utilização de uma rigorosa metodologia que garanta a higiene e o controle na produção, consegue-se alimentos que não ofereçam perigo à saúde dos consumidores. Dessa forma, o manipulador de alimentos deve ter consciência de sua importância para a obtenção de produtos que são seguros à saúde”, explicou Mariana Caldeira, coordenadora de Vigilância Sanitária do município. O grupo da secretaria de saúde municipal distribuiu panfletos e passou informações sobre os hábitos adequados para evitar a contaminação de alimentos ou ainda transferência de microrganismos de um alimento para o outro.

    Leia mais...
  • Prefeitura oferece café da manhã para trabalhadores da Exposição Agropecuária

    A 50ª Exposição Agropecuária de Itapetinga iniciou nesta sexta-feira, 13, com uma série de equiprovas, grandes negócios e muita diversão. Ciente da importância da nossa mais tradicional festa, a prefeitura municipal está presente na realização do evento, desde os preparativos do Parque Juvino Oliveira, e permanecerá com sua equipe até o último dia de festa. Na manhã deste sábado, por exemplo, o município ofertou, através da secretaria de saúde, um grande café da manhã para todos os trabalhadores que fazem a exposição. Tratadores, expositores, pessoal da manutenção… todos estiveram reunidos em um grande momento de confraternização, união e reconhecimento pelo trabalho ali desempenhado. “Após dois anos sem a realização da nossa grande festa da pecuária, nós estamos de volta ao parque Juvino Oliveira. A exposição é parte da nossa cultura, da nossa história e nada melhor do que celebrar esse retorno com aqueles que são os responsáveis diretos por fazer deste evento o sucesso que ele é. A prefeitura estará sempre ao lado do Sindicato Rural, buscando formas de fazer permanecer viva a nossa história e de construir o nosso futuro através da nossa maior vocação, que é a pecuária”, disse o prefeito Rodrigo Hagge. A prefeitura disponibilizou, durante toda a realização do evento, os serviços de atendimento à saúde. Além de atender a qualquer intercorrência (quedas, ferimentos, cortes…), o município ainda oferece aferição de pressão e saturação, testes rápidos para sífilis, HIV e Hepatite B e C, além de vacinação. O stand oficial da prefeitura será aberto no próximo dia 17, após a abertura oficial da 50ª Exposição Agropecuária de Itapetinga.

    Leia mais...
  • Em alusão ao mês do trabalhador, prefeitura realiza Feira de Saúde no Parque da Matinha

    Em parceria com as secretarias de saúde e de esporte, a secretaria de meio ambiente promoveu, nesta quarta-feira, 11, uma feira de saúde para os funcionários. A atividade faz parte do Programa de Biossegurança do Parque da Matinha, coordenado pela Comissão Técnica de Garantia Ambiental (CTGA). Na área do Parque, biólogos, zootecnistas, veterinários, tratadores e pessoal de jardinagem se reuniram para um momento de informação, alongamento, diversão e muita promoção à saúde. Para começar o dia, Anny Grazielle, enfermeira da vigilância do trabalho, falou sobre a importância do uso correto dos EPIs – equipamentos de proteção individual, e da necessidade de consciência em relação aos cuidados pessoais e coletivos na hora da execução das tarefas diárias. O dia seguiu ainda com alongamento, dança e um café da manhã para todos. A secretaria de saúde disponibilizou, ainda, os serviços de teste rápido de hepatite B e C, sífilis e HIV, além de vacinação, teste de glicemia, aferição de pressão e saturação. “A gente sabe o quanto a saúde – física e mental – é primordial para que possamos desenvolver um grande trabalho com todo o potencial que disponibilizamos. E nós estamos aqui para ajudar vocês, para dizer que somos parceiros e estaremos juntos para o que precisarem no sentido de tratar, prevenir e minimizar danos à saúde”, afirmou a diretora de vigilância à saúde, Fabrine Sodré. Ao entregar os novos EPIs aos funcionários, o secretário de Meio Ambiente, Fábio Viana, falou da importância da conscientização sobre o uso dos equipamentos na redução dos danos causados por acidentes de trabalho e da necessidade de atenção também ao coletivo. “A gente quer oferecer o que temos para que vocês desempenhem um trabalho de forma confortável e segura, mas é preciso que cada um esteja atento à sua responsabilidade com os seus equipamentos e à sua saúde sempre”, disse o secretário.

    Leia mais...
  • Gestantes da UBS Arnaldo Texeira participam de atividade especial em comemoração ao dia das mães

    Nesta quarta-feira, em comemoração ao mês das mães, aconteceu, na UBS Arnaldo Texeira, uma série de ações para acolher e atender às gestantes pacientes da Unidade. Além de atividades educativas, uma palestra levou mais informações sobre os cuidados durante os nove meses daquela que é considerada a mais doce das esperas. As enfermeiras Tamilla Ferraz Maciel e Ana Karoline Santos falaram sobre “Acolhimento e Trabalho de Parto” e, principalmente, sobre a necessidade de um atendimento mais humanizado em um momento tão delicado. Em parceria com a Secretaria de Desenvolvimento Social, a equipe ainda distribuiu fraldas para as gestantes presentes. “Foi, sem dúvida, um momento de muita informação, mas mais do que isso, foi um momento de acolhimento a essas futuras mamães. A gente sabe da essencialidade do atendimento humanizado e é preciso que toda a equipe de saúde esteja consciente do seu dever ao receber as pacientes e que elas também estejam cientes dos seus direitos”, afirmou a enfermeira Tamilla.

    Leia mais...
  • Mais de 600 imunizantes foram aplicados no Dia D de Vacinação

    No último sábado, 07, Itapetinga realizou o Dia D de vacinação contra Sarampo e Gripe Influenza. Todos os postos ficaram abertos das 07 às 13h para ampliar o atendimento e, assim, atender àqueles que, muitas vezes, não podem se imunizar durante a semana. Ao todo, 687 vacinas foram aplicadas em crianças e idosos. Nesta segunda fase, as campanhas passaram a ter ampliado o seu público. Para a imunização contra a Influenza, além das pessoas de 60 anos ou mais, crianças (de seis meses a menos de cinco anos) e profissionais de saúde, poderão se vacinar gestantes, puérperas, professores, pessoas com comorbidades ou com deficiência permanente, caminhoneiros, trabalhadores do transporte coletivo, forças de segurança e salvamento, funcionários do sistema de privação de liberdade e população privada de liberdade. A campanha para todos esses públicos segue até 03 de junho. Para o sarampo, a campanha é voltada aos profissionais de saúde e às crianças de seis meses a menos de cinco anos. Os profissionais de saúde devem atualizar a situação vacinal (precisam estar imunizados com duas doses da vacina tríplice viral); no caso das crianças, todas as da faixa etária mencionada devem receber a dose. Esses públicos serão vacinados até o dia 06 de junho.

    Leia mais...
  • Prefeitura de Itapetinga promove conscientização durante a campanha Abril Verde

    Em alusão à Campanha Abril Verde, a secretaria de saúde de Itapetinga promoveu momentos de conscientização sobre os riscos dos acidentes de trabalho e das doenças ocupacionais e todas as suas formas de prevenção. Em 2003, a Organização Internacional do Trabalho (OIT) instituiu o dia 28 de abril como o Dia Mundial da Segurança e Saúde no Trabalho, em memória às vítimas de acidentes e doenças relacionadas ao trabalho.  Para marcar a data, o grupo da Vigilância do Trabalho do município esteve, nos dias 19 e 20, no laticínio Bethânia e, no dia 27, no Hospital Cristo Redentor para buscar construir uma cultura forte de segurança no ambiente de trabalho. De acordo com a Diretora de Vigilância à Saúde, Fabrine Sodré, “um ambiente de trabalho saudável é aquele que preserva a saúde, bem-estar e satisfação dos colaboradores. É preciso que as empresas pensem em estratégias que proporcionem conforto, infraestrutura adequada, benefícios, suporte emocional e colaboração você já está promovendo um dia a dia de trabalho mais seguro e equilibrado”, disse, Fabrine. Os eventos contaram com palestras, distribuição de panfletos educativos, testes rápidos e aferição de sinais vitais.

    Leia mais...
  • Prefeitura de Itapetinga oferta serviço de psiquiatria para adolescentes

    Pensando em ainda reduzir os impactos causados pela pandemia, a prefeitura de Itapetinga passou a ofertar, na policlínica municipal, o serviço de psiquiatria para adolescentes com mais de 13 anos. Embora saibamos que as crianças e adolescentes são mais resistentes à ação do vírus do que os adultos, suas mentes estão entre as vítimas preferenciais do cenário atual. Um dos mais completos estudos já realizados sobre os efeitos da Covid-19 na saúde psicológica identificou o aumento explosivo de sintomas de ansiedade e depressão entre jovens. De acordo com a pesquisa, um em cada quadro jovens desenvolveu algum tipo de ansiedade enquanto o novo coronavírus se multiplicava pelo mundo. “Ao implantarmos esse serviço, completamos a rede de atendimento psicológico no município. Já oferecíamos o serviço para adultos. Em 2021, implantamos o atendimento a crianças e, agora, completamos nossa gama acolhendo, também, pacientes entre 13 e 18 anos”, explicou a diretora da Atenção Especializada, Karine Anunciação. Fiquem atentos: O psiquiatra afirma que é preciso que os pais fiquem atentos a sinais de qualquer tipo de alteração no comportamento dos filhos. Normalmente, o adolescente tem alguma mudança de postura, seja comportamental ou acadêmica, tendendo a não se interessar por atividades em grupo e se isolar. É preciso ficar atento aos seguintes sinais: isolamento voluntário, agressividade verbal, automutilação, verbalização de que as coisas não estão boas e descontentamento anormal com o seu cotidiano. Detectado algum tipo de anormalidade, procure a policlínica municipal.

    Leia mais...
  • Secretaria de Saúde promove conscientização no Dia Mundial da Doença de Chagas

    A Secretaria de Saúde promoveu uma semana de conscientização sobre a doença de Chagas. A fim de divulgar a prevenção, os sintomas e tratamento da doença, a Vigilância Epidemiológica organizou uma série de visitas e palestras nas unidades de saúde do município em alusão ao Dia Mundial da Doença de Chagas. As palestras tiveram o objetivo de realizar uma conscientização necessária para enxergar o paciente para além da doença. Em maio de 2019, o dia 14 de abril foi aprovado como o Dia Mundial da Doença de Chagas, em assembleia da Organização Mundial de Saúde (OMS). A data rememora quando, em 1909, Carlos Chagas identificou, pela primeira vez, em uma paciente, o Trypanosoma cruzi, protozoário causador da doença.  A doença de Chagas é uma das doenças negligenciadas com maior carga de mortalidade no país. A doença mata, todos os anos, mais pessoas do que qualquer outra doença parasitária. No Brasil, cerca de 6 mil pessoas morrem anualmente devido às complicações crônicas da doença. A forma mais conhecida de transmissão da doença de Chagas é a vetorial, ou seja, aquela transmitida pelo inseto barbeiro. Mas há ainda as transmissões orais, os acidentes laboratoriais e as congênitas – por transplante de órgãos e transfusões sanguíneas.

    Leia mais...
  • Itapetinga realiza Conferência Livre de Saúde Mental

    A prefeitura de Itapetinga e o Conselho Municipal de Saúde realizaram, na manhã desta segunda-feira, 11, a Conferência Livre de Saúde Mental. Com o tema “A Politica de Saúde Mental como Direito”, a conferência buscou envolver a todos na busca por novos caminhos e na criação de melhores alternativas para enfrentar os desafios de, principalmente, humanizar o atendimento em saúde mental. Para abrir os debates, o coordenador farmacêutico, Danylo Patês, ali representando o secretário de saúde, falou sobre os avanços conquistados no setor, que levaram o município a tornar-se referência regional em saúde mental. Patês citou a instalação do CAPS II, primeiro do interior da Bahia, e, mais recentemente, a conquista do CAPS III, também pioneiro no estado. Tudo isso, segundo o farmacêutico, é resultado de um trabalho coerente, responsável e muito competente da equipe que vem, ao longo de anos, assumindo uma postura humanizada no trato do doente mental. E a humanização do tratamento também foi o tema debatido pelo conferencista, o médico psiquiatra, Ivan Gilson. Ao fazer um resumo da história do tratamento psiquiátrico, Ivan mostrou que, inicialmente, a psiquiatria e o manicômio eram vistos como solução social pouco estudada cientificamente. Os manicômios eram lugares para retirar os pacientes do convívio social. Só depois, foram estudadas formas de devolver o paciente à sociedade. De acordo com a coordenadora de saúde mental do município, todo o trabalho feito pelo poder público, atualmente, tem o objetivo de ressocialização e, principalmente, de devolver aos pacientes a sua dignidade humana. “O cuidado com as pessoas é a nossa marca. Por isso falamos em famílias quando citamos a equipe da saúde mental de Itapetinga”, afirmou, Jadira Gomes. A Conferência Livre contou, ainda, com a apresentação do coral do CAPS III, da formação de grupos de trabalho, apresentação de propostas e escolha dos delegados que irão representar o município nas conferências estadual e nacional.

    Leia mais...

FIQUE ATUALIZADO