Início >   Notícias >   Saúde

No mês de maio, prefeitura reforça a importância da luta antimanicomial


O mês de maio é marcado pela Luta Antimanicomial, um movimento em defesa de tratamentos dignos e humanizados para pessoas com problemas de saúde mental.

Para marcar a campanha que busca oferecer cuidado com liberdade e por fim aos hospícios, a secretaria de saúde de Itapetinga promoveu uma série de ações que incluiu passeios com os usuários do CAPS e os moradores das residências terapêuticas do município pelo parque de exposições e campanha educativa que visavam a redução de danos e riscos.

Durante os eventos festivos as pessoas estão mais expostas aos riscos causados pelo uso abusivo de álcool e outras drogas, bem como a infecção de DST/AIDS. Por isso, a concentração de munícipes e visitantes no Parque de Exposições se apresentou como um local estratégico para atuação no campo da Redução de Danos e Riscos relacionados ao consumo imoderado de álcool e outras drogas”, explicou a coordenadora de saúde mental do município, Jadira Gomes.

Com o tema DIMINUIR PARA SOMAR, de forma alegre e criativa os profissionais do CAPS/AD, juntamente com a Equipe do CTA, em parceria com a COMUTRAN, realizaram uma Ação Educativa no Parque. Além de distribuir insumos de redução de danos como: informativos, preservativos etc., a equipe abordou de forma lúdica o tema do uso abusivo de álcool e outras drogas, ampliando o debate social sobre o assunto.

A ação ganhou destaque nas redes sociais da ABRASME – Associação Brasileira de Saúde Mental.

Para encerrar as ações, no próximo dia 02 de junho, uma sessão especial na Câmara de Vereadores, de autoria do vereador Gegê, debaterá a luta antimanicomial e o trabalho desenvolvido em saúde mental no município de Itapetinga

FIQUE ATUALIZADO