Desenvolvimento Social

Ministério do Desenvolvimento reconhece boa utilização dos recursos federais em Itapetinga

Na manhã desta sexta-feira, 07, a Secretaria de Desenvolvimento Social se reuniu no auditório da Coopardo para apresentar o relatório de gestão de 2019 e do Programa Vida Saudável.

Ao abrir a reunião, a secretária Virgínia Brito afirmou que o objetivo principal era esclarecer o funcionamento de cada um dos dez equipamentos do Desenvolvimento Social no último ano, demonstrar os seus avanços e os planos para “um 2020 de ainda mais trabalho”.

“Nosso trabalho é de acolhimento e aperfeiçoamento do Sistema Único de Assistência Social. Trabalhando em rede com a saúde e a educação, o Desenvolvimento Social vem cumprindo o seu papel, firmando sua presença junto aos munícipes, levando política pública para quem realmente dela precise”, afirmou Virgínia.

Durante a apresentação do relatório dos mais diversos setores, a secretária mostrou que, conforme o relatório do Ministério do Desenvolvimento Social, “a relação entre recursos recebidos pelo município e o saldo em conta corrente mostra que o município está executando bem os recursos transferidos através do IGD-M”, demonstrou.

Com uma gestão eficiente, a Secretaria de Desenvolvimento Social vem conseguindo manter atualizado o cadastro único, o que viabiliza um maior atendimento à população. Só em relação ao Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos, o número de atendimentos saltou de cerca de 12.000, em 2018, para 21.000 em 2019. Segundo Virgínia Brito, isso deve-se, principalmente ao trabalho de conscientização feito desde o início. “A população está começando a entender a função do CRAS e a procurá-lo. Aumentamos o número de atendimento a mulheres, idosos e adolescente. Isso significa que o serviço público está chegando a mais gente”, falou ela.

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support